Eu sou Mãe não sou Escrava!

Sempre achei muito importante que os meus filhos tivessem responsabilidades. Desde que começaram a andar, eu sempre dei algo para eles fazerem para poder ajudar. Por exemplo, quando trocava a fralda, era responsabilidade deles de colocar a fralda no lixo. Quando varria a casa, era responsabilidade de um deles de pegar a pá de lixo. Quando terminavam de comer, era responsabilidade de cada um retirar os seus pratos da mesa e deixar o espaço limpo. Quando termina de tomar banho, é responsabilidade deles pendurar a toalha molhada…e assim é até hoje. Cada um sabe a responsabilidade que tem em casa todo os dias.

Por que eu fiz isso? Bem, eu sempre fiquei em casa com meus filhos, sempre dediquei o meu tempo para minha família e para cuidar da casa. Quando meus filhos nasceram, vi a necessidade de ensina-los os hábitos do dia-a-dia e não “os deveres” do dia-a-dia. Ensino eles todos os dias a maneira de agir espontaneamente e não como obrigação. Assim o trabalho ou ajuda fica divertido e quase automático, porque eles já sabem o que fazer sem a preocupação de que eu esteja relembrando-os de suas responsabilidades.

Quando eu e meu esposo começamos a ensinar a nossos filhos a terem responsabilidades, fizemos listas de coisas a serem feitas e colamos nas paredes da casa. Sempre os relembrávamos das responsabilidades e deveres de cada um. Sempre que as responsabilidades e deveres eram cumpridas, colávamos um adesivo na folha de responsabilidades e quando eles completavam 10 adesivos cada um, ganhavam um prêmio. (algo que eles gostavam como assistir um filme ou um carrinho de brinquedo). Isso sempre ajudou a incentivar a dá um passo a frente. Quando eles aprendiam que aquela era a responsabilidade, criávamos outras listas com novas responsabilidades e deveres. Assim foi por alguns meses até que não precisamos mais fazer listas. Eles aprendiam o que deveriam fazer sem mais adesivos e premiação. Hoje eles fazem porque sabem que é certo fazer.

Cada um tem sua própria maneira de criar e cuidar de seus filhos. Quando eu falo que meus filhos tem responsabilidades em casa, as pessoas em geral me dão aquele olhar de reprovação como se estivesse falando “mais eles são apenas crianças!” Exatamente! No meu entendimento são desde crianças que eles precisam aprender a terem responsabilidades e desejo de trabalhar e ajudar aos outros. Eu sou mãe, não sou escrava. Eu sempre replico, os meus filhos tem capacidade suficiente para aprender que eles também podem ajudar nas tarefas de casa.

Meus filhos, como todas as outras crianças, brincam dentro e fora de casa, vão para o parquinho, brincam na terra, na chuva, na neve, tem joguinhos, TV, amiguinhos, festinhas de aniversario, bicicleta, esportes, carrinhos, trenzinhos, aviõezinhos, diversão em família, viagens de ferias, etc. Mais meus filhos também tem dever de casa para fazer: cama para arrumar, roupas para lavar, roupas para secar, roupas para dobrar e guardar, brinquedos para organizar, pratos para lavar e guardar, cozinha para varrer, mesa para arrumar depois de cada refeição, livros para ler, textos para escrever, higiene pessoal todos os dias, quarto para organizar, roupas de cama para trocar, toalha molhada para pendurar, instrumentos para praticar…etc. Meus filhos tem responsabilidades diárias que precisam ser cumpridas, e eles fazem sem nenhum problema porque foi assim que eles aprenderam desde pequeninos.

Eu, como mãe, não estou apenas dentro de casa. Tenho muito o que fazer todos os dias e é raro quando posso ter um tempo somente para dedicar a eu própria. Eu limpo, cozinho pelo menos 4 vezes no dia, acordo cedo e durmo tarde, estudo, arrumo, organizo, faço compras, costuro, conserto, crio, levo para o medico, dentista e terapia, brinco, leio, canto, toco, oro, leio escrituras, conto historias, assisto filme junto com eles, ajudo na tarefa de casa, vou para reuniões na escola, presto atenção nos detalhes, cuido da dieta de cada um (cada um dos meus filhos tem dieta diferente que precisa ser seguida com muita atenção) etc.

Eu sou mãe, não sou escrava e porque eu sou mãe essa foi a minha grande responsabilidade de ensinar aos meus filhos que respeito é importante, que eles devem me ver como mãe e não como alguém que faz “tudo” para eles sem ensina-los que trabalho é algo digno e prazeroso. Meus filhos são crianças, mas são crianças com responsabilidades, com educação, com respeito, com atitude e com grande amor de filhos.

 

DicaSimples:

Aqui tem uma lista de ideias de como ajudar a seus filhos a terem responsabilidades em casa. Boa sorte!1609603_10152343690952583_1516488383469029856_n

Leave a Reply